Blog

Ainda é cedo para reservar férias de verão?

Passada a época de natal, instala-se o frio. Com o frio, o vislumbre do verão torna-se algo apetecível. Mas estamos em Janeiro, a pelo menos 6 meses do calor. Será que ainda é cedo para reservar férias de verão?

Ainda é cedo para reservar férias de verão

Quem tem por hábito reservar as suas férias através de uma agência de viagens já está acostumado à habitual frase

“reserve o mais cedo possível”.

E a verdade é que o truque está em tentar reservar as suas férias – sejam elas de verão, inverno ou simples escapadinhas – enquanto todas as outras pessoas ainda estão com a cabeça noutros assuntos.

Um pouco à semelhança, por exemplo, dos doces de Natal ou de Páscoa. Se os comprar antes da época começar, a probabilidade de conseguir um preço bem mais em conta é bastante superior.

Com as férias acontece exatamente o mesmo. Principalmente se as suas férias de verão são em época alta, entre Julho e Agosto.

A grande maioria dos portugueses trabalha em empresas que fecham para férias de verão naqueles que são os meses mais concorridos do ano: Julho e Agosto. Sendo os meses mais concorridos, o valor médio para as férias naturalmente aumenta e torna-se ainda mais importante que a reserva das suas férias seja feita o mais cedo possível.

É facto que em Janeiro estamos ainda a mais de 6 meses da altura das férias. Mas será que é cedo para reservar as férias de verão?

Em média, uma família de 2 adultos e 2 crianças pode poupar até 30% do valor total das férias se estas forem reservadas até ao final de Janeiro. Isto acontece precisamente porque a procura durante este mês é menor.

Já a partir de Março, a procura começa a intensificar-se um pouco mais. Grande parte das empresas já tem afixadas as datas de férias para os seus trabalhadores e estes “correm” para encontrar o local ideal para descansar. A partir desde mês, a percentagem de desconto desce para pelo menos metade, já que para além da procura ser superior, os lugares reservados durante os meses anteriores também não ajudam no aumento de preço.

Como funciona em reservas de última hora? Posso conseguir melhores preços?

As reservas de última hora começaram a tornar-se um espectro durante o mês de Agosto. Ainda é possível encontrar lugares a bom preço reservando poucos dias antes da partida, mas é cada vez mais um risco. Por duas razões:

1. Podem já não existir lugares

As reservas de última hora destinam-se a ajudar os operadores turísticos, hotéis e companhias aéreas a preencher os últimos lugares disponíveis. Várias partidas em voos charter esgotam bem antes da data de partida e vários hotéis esgotam também os seus quartos para certos dias e semanas bem antes do mês começar.

2. Terá que se sujeitar ao que há

Regra geral, e como indicado anteriormente, a última hora é para preencher os últimos lugares. Em casos de voos charter, os operadores turísticos têm pelo menos um ou dois hotéis com os quais trabalham diretamente e/ou conseguem valores mais vantajosos. Esses hotéis, regra geral mais básicos, antigos e/ou longe da praia, são aqueles para onde conseguirão os melhores preços. Significa que, embora efetivamente possa conseguir algo mais em conta para aquele hotel em particular, se porventura é alguém que prefere mais conforto ou simplesmente gosta de escolher um hotel que lhe agrade mais, a viagem vai ficar-lhe mais cara que se tivesse sido reservada com mais antecedência.

Comece já a pedir orçamentos e a analisar propostas para o verão. Se o seu agente de viagens considera aquele um bom valor, então arrisque. No final, poderá ver quanto conseguiu poupar.